Como cuidar dos diferentes tecidos e cores

As roupas diferem umas das outras não somente pelo modelo, pelo corte e pelas cores. Elas são diferentes principalmente quanto ao tecido que as compõem, às vezes, são vários tipos em uma mesma peça. Mais importante é que os tecidos não podem ser tratados igualmente, ou seja, nesse caso fazer diferença é politicamente correto.

Para esclarecer, você precisa tratar suas roupas considerando os tecidos delas e os cuidados que cada um exige. Isso inclui a maneira de lavar, de secar, de guardar, de dobrar e, inclusive, de usar a peça. Geralmente, não pensamos nesses detalhes e tratamos todas as roupas igualmente, não é? Mas, se você souber como tratar cada uma das suas peças, elas terão uma durabilidade maior e, no tempo que ela durar, se manterá mais bonita.

Vamos a algumas dicas que elaborei conforme os principais tecidos das suas roupas. Confira!

ALGODÃO

https://ibb.co/RQhjKp8

O algodão é a fibra mais utilizada no mundo e, entre os principais tipos estão: upland, cultivado na América Central e Caribe; egípcio; sea-island, das ilhas do sudeste da América do Norte e das Índias Ocidentais; e o asiático, da Ásia Meridional.

Ele faz parte da composição da maior parte dos tecidos, entre eles o tricoline e o veludo. Um detalhe interessante é que o caimento de uma roupa feita com algodão depende da quantidade de fios que ela tem, ou seja, quanto mais fios, melhor é o acabamento da peça e mais tempo ela dura.

O algodão está presente principalmente nas camisas, embora componha várias outras roupas, como camisetas e roupas esportivas, por exemplo. Para as camisas terem um bom caimento e não serem transparentes demais, o ideal é que o tecido tenha mais de 80 fios.

LÃ E CASHMERE

https://ibb.co/SmSrvPM

A grande vantagem das roupas de lã é o isolamento térmico que elas oferecem, ou seja, não esquenta demais no sol, é confortável e não amassa. A desvantagem é na hora de lavar e de secar as peças, processo que exige cuidados especiais para garantir a durabilidade.

O mais indicado é lavar as peças de lã à mão e com sabão neutro, não torcer, não secar na secadora e nem no varal. Deixe a peça secar horizontalmente em uma toalha branca, para a lã não absorver a cor da toalha. Para guardar, use sacos de algodão ou TNT, que protegem a peça e garantem sua forma original.

COURO E COURINO

https://ibb.co/SvbTGqN

Acho lindas peças em couro e courino e a moda sempre concorda comigo, mas é importante saber que elas não podem ser lavadas e secas de qualquer jeito, inclusive, nesse caso, existem mais indicações do que NÃO fazer do que o que fazer para garantir a durabilidade das peças.

O que fazer: tire as peças para arejar; após o uso, deixe-as penduradas de um dia para o outro, à sombra, em local ventilado. Depois, pendure-as em cabide largo e envolva-as com capa de TNT. Lave as peças periodicamente somente em lavanderia especializada em couro, mas se lavar em casa, lave sempre à mão com água morna e sabão neutro e deixe secar naturalmente à sombra.

O que NÃO fazer: não guarde as peças no armário após usá-las; nunca as molhe em casa, caso contrário, o risco é elas apodrecerem; não deixe secar ao sol porque ele desidrata as peças; não guarde as peças em sacos plásticos, porque o couro precisa respirar.

SEDA E CETIM

https://ibb.co/jk6KHNM

A seda é uma fibra natural que compõe vários tecidos como o musseline e o gazar.

Oferece um ótimo caimento, possui um toque macio e um brilho especial e está presente em peças mais soltinhas como regatas, saias e vestidos.

Lave as peças com à mão e com água fria. Deixe secar naturalmente para que suas fibras não se rompam. Se precisar passar, o ferro deve ser morno e sem vapor, já que os fios da seda enfraquecem com o calor. Guarde-as em cabides.

O cetim é muito parecido com a seda e exige os mesmos cuidados.

CHIFFON

https://ibb.co/pWF6jYg

É um tecido leve e transparente, produzido com fios muito torcidos, o que cria um aspecto levemente enrugado. Lave essas peças à mão, sem esfregá-las e não as deixe de molho por muito tempo. Seque à sombra. Para passar, ferro morno e sem vapor. Guarde as peças no cabide ou em gavetas e prateleiras dentro de sacos de TNT.

VELUDO

https://ibb.co/yYRjFWj

É um tecido luxuoso, confortável, quentinho e mais pesado, mas com ótimo caimento, dependendo da peça. Alguns tipos de veludos: liso, cotelê, alemão.

O ideal é não lavar as peças de veludo em casa (não podem ir na máquina e nem ser esfregados). A secagem deve ser natural em local fresco. Guarde-o em cabide que não deixe marcas nas dobras da peça.

VISCOSE

https://ibb.co/jDtFjWq

Primeira fibra têxtil artificial, a viscose é um tecido leve e fresco, que oferece um bom caimento, ideal para roupas do dia a dia, principalmente peças de verão e roupas esportivas.

Lave as peças à mão com água fria. Caso a peça possa ser colocada na máquina (veja na etiqueta), dê preferência pela função “roupas delicadas” e não misture com outros tecidos, para não rasgar a viscose.

CREPE

https://ibb.co/jMVMPqg

O termo “crepe” vem do francês e significa “crespo”. É um tecido com toque mais áspero e aspecto seco, opaco e granulado. O crepe é feito com fios bem torcidos de seda ou lã (natural ou sintética) e apresenta várias espessuras: mais finos, médios, pesados, com elastano ou sem elastano (planos). Quanto aos tipos de crepes, a variedade também é grande: crepe da China, crepe Georgette, crepe Marroquino e o crepe Chanel (com um lado brilhante e outro fosco).

O crepe é bastante maleável e tem um bom caimento, que varia conforme o tipo de crepe. É um tecido indicado para saias, vestidos e blusas.

Quanto a lavagem, siga os mesmos cuidados das peças delicadas.

DICAS GERAIS PARA LAVAGEM DAS ROUPAS:

  1. Para evitar bolinhas no tecido
  • Vire as peças do avesso antes de lavar;
  • Use sabão líquido com enzimas, que ajudam a prevenir o peeling e é menos abrasivo, evitando desgaste do tecido;
  • Lave no ciclo delicado da máquina, opção de lavagem em há menos atrito entre a máquina e a peça de roupa, o que evita as temíveis bolinhas;
  • Não esfregue o tecido, mesmo que a peça esteja manchada. O atrito gera ainda mais peeling;
  • Os tecidos sintéticos e a lã são os mais propensos a criar peeling. Prefira fibras naturais (modal, bambu, algodão);
  • Se a peça já está com bolinhas, use um pente fino ou pedra pomes. Nunca use barbeadores ou lâminas, pois esses aparelhos danificam ainda mais o tecido.
  1. Para evitar o desbotamento
  • Separe as roupas escuras das roupas claras, para evitar que as roupas coloridas manchem as roupas claras;
  • Antes de colocar as peças na máquina, verifique os bolsos, qualquer papel na máquina pode causar um estrago, principalmente em roupas escuras;
  • Vire as peças do avesso antes de lavar, além de evitar o peeling, ajuda no não desbotamento das peças;
  • Cuidado com a temperatura: altas temperaturas danificam o tecido e desbotam. Por isso, prefira lavar as peças com água fria;
  • Use sabão líquido, ele evita o desbotamento, já que é menos agressivo com o tecido.
  1. Lavar roupas delicadas
  • Use um saquinho para lavagem das roupas, ele evita atrito do tecido fino com a máquina, preservando a peça. Coloque todas as peças finas no saquinho e ponha para lavar na máquina com opção de lavagem de roupas delicadas;
  • Lave as roupas na mão, o que agride menos as peças e preserva melhor o tecido. Só evite esfregar muito.
  1. Tirar manchas
  • Mancha de café: na hora, esfregue uma pedra de gelo sobre a mancha até ela sair. No caso de a mancha ser antiga, umedeça um pano com álcool ou vinagre branco e passe na mancha delicadamente;
  • Mancha de vinho: coloque sal em toda a mancha e deixe agir por 5 minutos, remova com água e sabão. Se a mancha já estiver seca, dilua 3 medidas de vinagre branco em uma de água, aplique na área e deixe agindo até que a mancha saia completamente;
  • Mancha de gordura: tente remover com talco ou amido de milho, aplicando por toda mancha e deixando agir durante a noite, e, no dia seguinte faça a lavagem normalmente. Se o talco não funcionar, esfregue a mancha, com uma escova, delicadamente com éter, gasolina ou querosene. Depois lave com sabão e água quente. Essa medida só deve ser usada em roupas coloridas ou escuras.

 DICAS GERAIS PARA SECAGEM DAS ROUPAS:

  1. Evitar altas temperaturas

A secadora de roupas pode encolher e desbotar as peças, dependendo do tecido das roupas. Por isso, é sempre melhor deixar as roupas secarem naturalmente. Use a máquina de secar somente para quebrar um galho em dias muito úmidos.

  1. Garantir a durabilidade das peças
  • Seque as roupas no bom e velho varal, mas mantenha um espaço entre as peças, nunca sobreponha;
  • Para evitar o desbotamento, evite deixar o varal no sol;
  • Respeite o tempo de secagem das peças, e, para evitar mofo e mau cheiro, verifique se as peças estão bem secas antes de guardá-las.

 DICAS GERAIS PARA GUARDAR AS ROUPAS:

  • Evite a luz de lâmpadas sob as roupas. Essa iluminação pode causar o desbotamento das peças;
  • Mantenha o armário limpo e arejado: limpe o armário e as gavetas pelo menos uma vez por mês, evitando o mofo. De vez em quando, deixe as portas e gavetas abertas para que as roupas arejem;
  • Nunca pendure roupas que se ajustam ao corpo. Deixe os cabides para as peças feitas com tecidos mais grosso e duro, como jeans e jaquetas;
  • Não deixe seu armário super lotado, de tempos em tempos, separe e doe as roupas que você não usa há mais de um ano e jogue fora as roupas danificadas. Deixe seu armário sempre organizado para facilitar o seu dia a dia.

Espero que essas dicas ajudem você a tratar as suas roupas como elas merecem. Tenho certeza de que, dessa forma, você as terá bonitas por muito mais tempo.

Um abraço e até as próximas dicas!

 

 

2 Comments

  • Alexandra Vornicov
    Posted 8 de setembro de 2020 13:40 0Likes

    Amei as dicas. Muito bom aprender mais.

    • dorisantunes
      Posted 5 de outubro de 2020 13:09 0Likes

      Obrigada !!! bjs

Leave a comment

Doris Antunes © 2018 All rights reserved.
Desenvolvido por Reverso Comunincação

0